ESPÍRITA AMIGO | Lar Bom Repouso

ESPÍRITA AMIGO

  • O REMÉDIO O doente neste mundo, Que deseje melhorar, Jamais encontra remédio Saboroso ao paladar. Por ministrar reconforto, Fazendo caminho à cura, O melhor medicamento Tem ressaibos de amargura. Todo ...
  • A BONECA Quase em todos os lugares, Vencendo tempo e distância, A boneca sempre atrai A grande atenção da infância. Em torno dela palpitam Mil castelos pequeninos; É ...
  • A ARANHA Geralmente, em toda parte, No ângulo mais sombrio Dos recantos desprezados, Vem a aranha e tece o fio. Escura, silenciosa, Atendendo ao próprio instinto, Seja dia, ...
  • A LAGARTA A árvore é grande e bela, Mas, na copa que se alteia, Intromete-se a lagarta Escura, disforme e feia. No tronco maravilhoso, Folhas verdes, flores ...
  • O MALHADOURO Na época dadivosa Da colheita cor-de-ouro, É tempo de conduzir Cereais ao malhadouro. Espigas maravilhosas Vêm às mãos do tarefeiro, Aglomerando-se em busca Da secagem no terreiro. Antigamente ...
  • A PODA Quando é necessário ao campo Produção forte e fiel, Não se pode prescindir Da poda quase cruel. É dolorosa a tarefa Que se comete ao ...
  • A CAPINA Nos serviços de defesa Da semente que germina, Não se pode descuidar Dos trabalhos da capina. Em torno à planta que nasce No escuro lençol ...
  • O VOO Aos que aprendem no silêncio, Sem sombras e sem entraves, Há sempre grandes lições No voo comum das aves. Todas elas têm nas asas Um dom formoso ...
  • A ÁGUA Água santa, benção pura Das bênçãos celestiais, Que o Senhor te multiplique Os doces mananciais. Água que lavas o corpo De todas as criaturas, És a ...
  • A ENCHENTE O quadro é lindo e imponente Na calma da natureza, A massa d’água é mais bela, Mais suave a correnteza. O rio enorme extravasa, Conquistando ...
  • A PRAIA Mar revolto. Sombra densa, Ao longo da vastidão. Vibra a angústia em cada rosto Na frágil embarcação. O vento sopra de rijo Espalhando a tempestade, As ...
  • O OÁSIS Em torno, o despovoado, Os lençóis de areia ardente… O viajor vive o seu drama Doloroso e comovente. Nenhuma vegetação, Nem a benção de uma ...
  • O VAU Por benfeitor venerável, No seio da natureza, Rola o rio caudaloso Escondendo a profundeza. Enquanto busca reserva, Guardando seu próprio leito, Ninguém se arrisca à passagem Sem ...
  • A NUVEM Céu sereno luminoso, Entretanto, avulta em cima Um ponto sombrio e triste – É a nuvem que se aproxima. Quem mirar o firmamento, Descansando a ...
  • A CHUVA Folhas secas. Terra ardente. Calores. Desolação. Mas a chuva vem do céu Trazendo consolação. Toda semente que é boa, Entre júbilos germina, É a bela fecundação Da ...

Instituição Assistencial Espírita